domingo, 20 de julho de 2014

Confidência



Confidência

De véspera
guardei-me toda para ti
Árdua espera
Sem fim...
Meu coração
à mim confidenciou
Esquece...
Adormeci

(Van Albuquerque)

25/02/11

Encantamento





Encantamento

O que me seduz
é esse seu jeito singular
de me desnudar
poetizar carinhos
escrever palavras
na minha pele nua
Encanta-me 
ler você
e fazer amor
junto com seus versos

(Van Albuquerque)

25/02/11



Amar você...




Amar você...


Amar você

é te sentir no escuro
 e na distância que nos separa...
Olhar dentro dos seus olhos
e me enxergar lá no fundo
da sua alma.


Van Albuquerque

Lilás





Lilás

A noite se achega
com outras cores...

O dia 
cerra as pálpebras
apaga o lilás.



Van Abuquerque

Amor...





Amor...


Tu ainda vives
dentro de cada
verso meu

Van Albuquerque



Amor lilás



Amor lilás

Sua boca 
fala na minha...
Aspira às nuances,
a essência 
do nosso, amor lilás.
Respira...

                                                                                             Van Albuquerque

Beijo





Beijo


Nesta manhã ensonada
de sol brando
de vento macio
quero ser a poema
que acorda seus lábios.


Van Albuquerque

Amor




Amor 

Meu olhar encontra o seu...
Desenha-se um céu
e o sol se põe mais cedo...
Um sorriso tímido
delineia meus lábios
e no fundo da minha retina
brilha um vitral colorido de amor.

Van Albuquerque



Floração




Floração

Ajeito-me em seu peito...
Aconchego-me ao seu cheiro
Caibo inteira em seus braços
e esqueço os dias e noites 
de ausências...
Em ti de amor floresço


Van Albuquerque

Não entendo...




Não entendo...

Eu já não entendo
todo esse querer...
Esse amor, feito de atrasos
e tantas ausências, mas sei
que quando você
não está aqui, inunda-me
 um deserto de carências.


Van Albuquerque