sexta-feira, 21 de junho de 2013

Solidão




Solidão


Solidão é companhia
No vazio do meu silêncio
acalento suave da dor
Em meu coração emudecido
dor funda, que dói na alma
pulsa, lateja em meu peito...
Lágrimas lavam meu rosto
dentro de mim águam
um jardim primaveril sem cor

Van Albuquerque

Nenhum comentário: