domingo, 9 de junho de 2013

Espera-me?





Espera-me?


Quando a noite chegar
sem pressa
adormeça sereno

Sinta gotas de mim
a fragrância singela
do meu amor por ti
Perfume denso
se esparramando
desfolhando carinhos
acendendo a chama
colorindo de aromas
seus desejos

Espera-me nos teus sonhos?


Van Albuquerque

Nenhum comentário: