sábado, 25 de maio de 2013

Foram tantas coisas...






Foram tantas coisas...

Os dias passaram
feito um rio
emendado ao silêncio...
A poesia emudeceu
e o tempo respirou
um rascunho de tudo
Tempo tão curto
Sem sol
Sem lua...
Não deu tempo
de  ler  todos os segredos
escondidos nos caminhos.

Van Albuquerque

Nenhum comentário: