segunda-feira, 27 de maio de 2013

Ardendo...




Ardendo...

Minha boca 
cheia d’água
arde um deserto...
Ofega gemidos
Saliva a saudade
do teu corpo
fecundando o meu...



Van Albuquerque

Nenhum comentário: