sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Tu





Tu

Nos assoalhos 
das linhas nervuradas
do pálido papiro
o destino espreita 
as palavras...
Escreve-te minha poesia.

Van Albuquerque

Nenhum comentário: