sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Ofegante





Ofegante

Em tua boca
meu beijo ofega febril...

Num fio de voz
sussurra o verbo
recita o poema.

Van Albuquerque

Nenhum comentário: