quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Teu mar...



Teu mar...


Encantada por teu olhar
navego nas ondas do teu mar ...


Feito uma náufraga

sem rumo
errante ao luar...


Sem destino 
submersa nas carícias

voluptuosas de tuas mãos
atraco na ilha ardente
do teu mar de desejos


Marulhando 
o suor salgado da paixão

entrego minhas vontades
aos murmúrios das ondas calmas
que beijam o teu mar...


Van Albuquerque

Nenhum comentário: