quarta-feira, 17 de março de 2010

Silente



Silente


O canto dos meus olhos
silentes gotejam
devaneios desfeitos
Deságua em minha face
o silêncio de nós

(Van Albuquerque)
26/01/10

Nenhum comentário: