domingo, 28 de março de 2010

Murmúrios



Murmúrios


Tua voz rouca
me acorda
murmura poemas
ao meu ouvido
Teu olhar faminto
me despe
me veste de carícias
Tua boca quente
molha meus lábios
escreve malícias
na minha pele nua

(Van Albuquerque)
10/03/10

Nenhum comentário: