domingo, 28 de março de 2010

Meu olhar



Meu olhar


Minha boca
feito um cetim
róseo e sedoso
enrubesce de desejos
rouba teu lábios
dialoga carinhos

Nua segreda-lhe
minhas vontades
roça teu corpo
verseja febril
desperta gemidos
desnuda teus poros
arrepia teus ais

No silêncio
macio dos lençóis
meu olhar
astuto se descortina
tênue de vontades
faz amor com o teu

(Van Albuquerque)
07/01/10

Nenhum comentário: