quarta-feira, 17 de março de 2010

Guarda-me


Guarda-me


Meu beijo só respira
no silêncio morno
dos teus lábios
Guarda meu sabor
no céu úmido
da tua boca


(Van Albuquerque)
29/01/10

Nenhum comentário: