domingo, 13 de dezembro de 2009

Saudade


Saudade



Saudade tem cor de ausência
feito uma pétala esmaecida
numa caixinha de lembranças
guardada dentro do coração

Saudade tem tempo dolente
se arrastando devagar
dias de verão sem calor
cheiro de melancolia
num entardecer primaveril
carregado de flores

Saudade tem nuances de tristeza
sente fome da presença
dilacera a alma machuca o coração

Saudade tem um gosto amargo
sem viço de uma fruta madura
suculenta sem sabor

Saudade é dor silente de amor
tem os olhos soluçantes
tonalidade incolor de lágrimas
orvalhando a face de solidão

(Van Albuquerque)
13/12/09

Nenhum comentário: