sábado, 12 de dezembro de 2009

Poema de amor




Poema de amor


Do vento esguio
que de longe sopra
sou a brisa macia
que chega morna
sibilando palavras
num poema de amor

(Van Albuquerque)
12/12/09

Nenhum comentário: