domingo, 13 de dezembro de 2009

Eu te amo



Eu te amo


Escrevo-te os versos
que meu coração anseia lhe dizer
um poema de sonhos inquietos
letras se juntam aqui e acolá

Palavras moldados em minha alma
oferenda escrita por minhas mãos
um poema que de tanto te querer
perdeu a razão e endoideceu

No meu coração ficou a essência
do tempo que passou e não calou
minha voz grita em silencio
Eu te amo junto ao murmúrio do mar

(Van Albuquerque)
13/12/09

Nenhum comentário: