terça-feira, 10 de novembro de 2009

Solidão


Solidão


Finda o dia
anoitecer fita em silêncio
os olhos molhados
doloridos de saudades

Mãos de fada
tecem nas asas do vento
fios dourados
entrelaçados de lembranças

Dedos leves
bordam com paciência
desabrochar lento da tristeza
no coração

(Van Albuquerque)
06/11/09



Nenhum comentário: