quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Jardim de sonhos





Jardim de sonhos



No jardim de poesias
uma plantação de sonhos
tenro deságua

Pela fonte cristalina
flores germinam
brotam desejos

Sentimentos coloridos
aveludam-se ao sol

Revoada de cores
pássaros pincelam o céu
borboletas esvoaçam
suas asas coloridas

Numa ruela silenciosa
desencontro de caminhos
o vento sopra frio
acaricia flores sem cor

Um olhar tristeAdicionar imagem
saliva lembranças
saudade exala sabor
tem gosto doce de amor

(Van Albuquerque)
03/11/09

Nenhum comentário: