domingo, 20 de setembro de 2009

Teu sabor


Teu sabor


Salivo de vontades
enquanto ainda invento
teu sabor

Ao meu corpo
só apetece
tua boca febril
teu sabor moreno
chegando doce
feito açúcar queimado
se evaporando
incendiando de desejos
minha pele nua

(Van Albuquerque)
08/09/09

Nenhum comentário: