sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Versejando


Versejando


As palavras
que hoje escrevo
sinto-as salpicadas
com o aroma
suave das flores
e a singeleza do amor

Palavras tão leves
que feito folhas voam
fora do papel
passeando ao vento
faceiras versejam
eu te amo
e abrigam-se dentro
do seu coração

(Van Albuquerque)
21/08/09

Nenhum comentário: