sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Semeando poesia


Semeando poesia


Hoje o dia
amanheceu devagar
de longe vejo o sol
matreiro se esticando
com preguiça no céu

Semearei poesias
nos vasos azuis
carentes de flores
de cores
de sabores
de amores
esquecidos embaixo
da minha janela

Quando anoitecer
voltarei com o luar
para colher gotas
da fragrância doce
de seus carinhos

(Van Albuquerque)
25/08/09

Nenhum comentário: