sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Mar de amor


Mar de amor


Ouço de longe sua voz
chegando feito um mar
Macia quebra ondas
sussurra meu nome

Ao sabor do vento
toca minha pele
atrevida me acaricia
silencia minha razão

Sua voz cálida
convida-me a navegar
nesse mar voluptuoso
de fantasias e desejos

Meus lábios róseos
esboçam um sorriso
Em seus braços
destemida mergulho

Entrego–me a ti
quero contigo navegar
Nesse teu mar de amor
quero te amar

(Van Albuquerque)
03/08/09

Nenhum comentário: