terça-feira, 18 de agosto de 2009

Anoitece


Anoitece


A noite em êxtase
explode
Na tua pele nua
semeio palavras

O dia amanhece
quente
Na tua boca fértil
colho minha poesia

(Van Albuquerque)
15/08/09

Nenhum comentário: