terça-feira, 18 de agosto de 2009

Abismos


Abismos


Vez em quando
sinto o teu olhar voraz
se enviesando pelos vãos
das frestas abertas
em meu coração

Na penumbra das sombras
espia meus passos
sem medo se envereda
me segue tentando vencer
os abismos que o destino
edificou em nós

(Van Albuquerque)
19/08/09

Nenhum comentário: