segunda-feira, 20 de julho de 2009

Saudade...


Saudade...


Saudade chegou
bateu a minha porta
entrou de mansinho
invadiu meu coração

Aquietou-se no vão
de nossas lembranças

Deixo o tempo passar
suave a me acariciar
sentindo a saudade de ti
tomando conta de mim

E na doçura do devaneio
vejo-me te amando
com a alma em festa
acariciando esse amor
sem fronteiras...

São teus os momentos
de desejos fecundos,
as recordações orvalhadas
por uma doce sensação
de paz...
Saudade chegou...

(Van Albuquerque – Cida Luz)
17/07/09

Nenhum comentário: