segunda-feira, 20 de julho de 2009

Inconfesso segredo


Inconfesso segredo


Na noite insone
dispo sentimentos
escrevo versos
confesso ao papel
meu segredo

Acordo a lua
acendo as estrelas
deixo que meu amor
siga seu caminho
faça barulho
acorde nossos sonhos
arranhe sua alma
afague as paredes
do seu coração

No teu ouvido
diz baixinho o que
a distancia não cala
Amo-te no silêncio
que se faz em mim

(Van Albuquerque)
14/07/09

Nenhum comentário: