sábado, 25 de julho de 2009

Despudorada


Despudorada


Tua boca caminha
em minhas curvas
despe labirintos

Inebriada verseja
faminta saboreia
meu gosto quente

Despudorada
entrego-me a ti
molhada de desejos

(Van Albuquerque)
24/07/09

Nenhum comentário: