terça-feira, 19 de maio de 2009

Amarras...


Amarras...


Em momentos insanos,
as sentinelas em mim
dormem...

Os sentimentos presos 
libertam-se das amarras...

Entregam-se desnudos
contigo vivem o êxtase pleno!

(Heredion – Van Albuquerque)
12/05/09

Nenhum comentário: