segunda-feira, 6 de abril de 2009

Doce amiga


Doce amiga



Conheci em você
uma mulher verdadeira
forte e destemida...
Mesmo sofrendo
se cala, tenta sorrir
da própria dor...

Engolindo as lágrimas 
sufoca na garganta
um grito que teima
em soluçar...

Face entristecida
olhar embaçado 
nos lábios ensaia
um doce sorriso...

Segue, o seu caminho!

Amiga teu coração 
é maior que o mundo...
Mesmo agonizando
acaricia dores
sem temores, perdoa!

Você é a mão amiga
que enxuga as lágrimas
carinho que contagia 
poesia que acalenta
aconchega a alma...

Amiga o que escrevi 
é muito pouco 
diante da pessoa 
maravilhosa que você é!
Que Deus te abençoe sempre.
Te amo!

(Van Albuquerque)
03/04/09


Poema dedicado a amiga e poeta Cida Luz.

Nenhum comentário: