quarta-feira, 11 de março de 2009

Saudade ardente


Saudade ardente


Sinto um apelo 
chegar sereno
sôfrego grita
buscando por ti
em meu coração

Saudade crepita
num lume ardente
escorre escarlate
dentro de mim

Faz minha alma
jorrar escaldante
meus olhos tristes
queimam de dor

Meus lábios trêmulos
não se calam 
sussurram seu nome
dentro do vazio
que ficou de nós

(Van Albuquerque)
09/09/09


Nenhum comentário: