quarta-feira, 11 de março de 2009

Meu dono


Meu dono


Você chegou 
roubou minhas defesas
se fez dono de mim...

Sinto-me nua
uma flor a desabrochar
tenra em seus braços

Despindo-me 
em pétalas sedosas
de vontades...

Em tua boca macia
afago meus sonhos
orvalho meus desejos...

(Van Albuquerque)
09/03/09

Nenhum comentário: