sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Tuas mãos...


Tuas mãos...


Tuas mãos 
em meu corpo
folheiam páginas
como se eu fosse
um livro teu...

Você, ávido
devora capítulos
descobre segredos
ora, escondidos...

Tuas mãos 
moldam meu corpo
acariciam palavras
lendo-me, em silêncio...

Leitura prazerosa
desnudando...
Afagando, sem pudor
minha pele nua...

Tuas mãos em mim...
Despem gemidos
vestem meus poros
de prazer...

(Van Albuquerque)
24/02/09

Nenhum comentário: