sábado, 17 de janeiro de 2009

Insensatez


Insensatez


Meu coração dói...
Não aprende!
Vez ou outra
desvencilha-se de mim
insensato, foge...
Caminhando, sem rumo
tropeça, na palavra amor...
Depois, volta chorando
sofrendo calado
dor de (des)amor."

(Van Albuquerque)
16/01/09

Um comentário:

Anônimo disse...

seu blog esta maravilhoso bjs