sábado, 17 de janeiro de 2009

Cheiro de amor


Teus carinhos



Teus carinhos, ousados
tocam, arrepiam minha pele
feito gotas, escorrendo
de um cubo de gelo

Suas mãos, gotejam prazer
degustando, saboreando...
Moldam meu corpo
encharcado de desejos...

No ar, cheiro de amor
roçar de pele, poros ardentes
corpos entrelaçados, ofegantes...
avidez sensual, despe pudores...

Nossos lábios, entreabertos
volúpia adocicada, êxtase
gemidos abafados, ecoam 
no silêncio, permeiam o prazer...

(Van Albuquerque)
25/12/08

Nenhum comentário: