terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Poema singelo


Poema singelo


Minha alma dói
escrevo na areia...
Meu olhar, lê em silêncio
o desenho fugaz...
Um coração!

Dentro dele
uma pequena inscrição
palavras sinceras
poema singelo...
Eu te amo

O vento sopra
ondas, chegam sorrateiras
apagam o desenho
levam para o mar
meu poema...

Dentro de mim
nada, consegue apagar
meus sentimentos
meu amor
por ti!...

(Van Albuquerque)
27/10/08

Nenhum comentário: