terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Meu destino é poesia


Meu destino é poesia



O destino
não cede, a minhas vontades
sagaz, interfere em minha vida
em instantes, se transforma
em meu mais, impiedoso algoz


Sorrindo brinca
com meus sentimentos
astuto, muda nossos caminhos
fere e machuca minha alma
causa em mim solidão, saudades e dor


Mas o destino, não conseguirá mudar
meus sentimentos...
Por ti, seguirei suspirando
desfolhando, meus versos
um jardim florido de afetos, pelo caminho...


Fiz de ti, minha poesia
meu destino...
Escrito em versos de amor, desejos...
Meu destino, minha poesia
ter você comigo, para sempre me amando...

(Van Albuquerque)
18/10/08

Nenhum comentário: