terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Meu corpo...


Meu corpo...


Meu corpo está febril
uma duna quente
a te desejar...
Teu olhar,
se finge de adormecido
para me espreitar...
Deixe-me mergulhar
banhar minha pele
amenizar essa febre
nas espumas, ondas suaves
do teu mar...
Deixe-me em seu caís
meus desejos ancorar...

(Van Albuquerque)
21/10/08

Nenhum comentário: