terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Fome de ti



Fome de ti



Meu olhar em brasa
pousa no teu...
Em meu corpo, nasce
insana fome de ti
desejo se alastra
toma conta de mim...
Troca de carinhos
corpos entrelaçados
volúpia...
Minha pele respira
o sabor cálido
de suas carícias
sem fim...

(Van Albuquerque)
19/11/08

Nenhum comentário: